CRH

Como preservar sua fertilidade

Não espere tempo demais para ter um bebê

Com o passar da idade, os óvulos “envelhecem” e, além da dificuldade de conseguir engravidar, a mulher com idade superior a 35 anos apresenta maiores chances de ter um bebê com anormalidades cromossômicas. O risco de aborto espontâneo também é maior nas mulheres com idade mais avançada.

“A maioria das mulheres sonha em um dia ser mãe. Mas quando elas se aproximam dos 40 anos sem filhos, o sonho pode se transformar numa corrida contra o tempo”, diz o ginecologista do Centro de Reprodução Humana Prof. Franco Junior, Ricardo Baruffi. “Essa é uma situação com a qual me deparo com freqüência em nossa clínica. Grande parte das nossas pacientes querem engravidar exatamente na fase de suas vidas em que as chances de gravidez natural vão ficando cada vez menores, pois há um decréscimo que se inicia aos 35 anos e se acentua após os 40 anos, afirma o especialista.

Nos homens, a idade afeta diretamente a porcentagem de formas normais e a concentração de espermatozoides. Embora o homem possa ter uma queda da fertilidade após os 45 e 50 anos, isso não o torna necessariamente infértil.

Procure levar uma vida saudável

Bons hábitos são cultivados com exercício fisico e dieta adequada. O sedentarismo e alta ingestão calórica e gordurosa podem sim levar à infertilidade. Por isso, se você quer engravidar, controle seu peso. Distúrbios importantes de peso ocasionam alterações nos hormônios sexuais imprescindíveis para que a gestação ocorra.

Mantenha a calma e procure administrar o seu estresse, identificando as situações que lhe provoquem tensão e tente evita-las para melhorar sua qualidade de vida.

Álcool, cigarro e outras drogas ilícitas dificultam a fecundação e ainda colocam a gravidez em risco. Quem fuma, deve parar de fumar. A maioria dos componentes do cigarro são tóxicos e muito prejudiciais para o organismo. São várias as pesquisas que comprovam que o cigarro pode atrapalhar diretamente na produção dos gametas masculinos e femininos.

Para quem quer se manter fértil, é importante reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas. O excesso de álcool causa um efeito negativo para ambos os sexos. Na mulher, pode antecipar a menstruação e aumentar o risco de aborto espontâneo. Também resulta em um inadequado funcionamento dos ovários com irregularidade do ciclo menstrual (incluindo ausência de menstruação e ovulação) No homem, pode alterar a qualidade e a função dos espermatozóides e reduzir os níveis de testosterona.

Livre-se das drogas. A utilização desses entorpecentes podem causar problemas irreversíveis no sistema reprodutor de ambos os sexos, com atuação localizada nos testículos e ovários (órgãos que produzem os gamelas).

Cuide da sua fertilidade, prepare-se e aumente as chances de realizar esse sonho!

Enquetes

Qual é o melhor destino
para os embriões congelados?

Participe

Pesquisa
para homens

Avalie seu conhecimento
sobre sua própria fertilidade

Participe

Cadastre seu e-mail e
receba as novidades do CRH: