CRH

Projeto PRIMER do CRH já começa a apresentar seus primeiros resultados

Descobrir as causas da infertilidade feminina e masculina é um dos principais desafios da medicina reprodutiva. Com essa visão e meta, a  equipe do CRH Prof. Franco Junior tem se empenhado para identificar fatores genéticos que possam influenciar no sucesso dos tratamentos para engravidar. Agora, um projeto que vem sendo conduzido há 5 anos e realizou o sequenciamento genético de mais de mil pacientes, já mostra resultados promissores, divulgados em congressos nacionais e internacionais. 

O Projeto PRIMER desenvolvido pelo nosso grupo, em parceria com o Centro Paulista de Diagnóstico, Pesquisa e Treinamento, têm identificado uma série de SNPs (variações na sequência do DNA humano) com capacidade de influenciar desde a resposta da paciente à estimulação ovariana, como também no desenvolvimento embrionário e, finalmente, na implantação do embrião no útero. Uma das vertentes dessa pesquisa, por exemplo, encontrou SNPs associados a uma maior dificuldade de engravidar.

De acordo com esses estudos, os tachados "SNPs do bem” e "SNPs do mal” poderiam caracterizar fenótipos reprodutivos, identificando fatores relacionados a maior ou menor eficiência dos tratamentos de reprodução assistida.   Ao avaliar a frequência desses genes específicos, nossos especialistas vão conseguir utilizá-los como biomarcadores com impacto na decisão sobre estratégias de tratamento.

Além de identificar essas situações que podem comprometer a chance de ocorrer a gravidez, nosso grupo tem agora o desafio de descobrir maneiras de anular a influência dos "SNPs do mal”.

Em 2014, essa pesquisa recebeu o prêmio de destaque científico no  Congresso Europeu de Medicina Reprodutiva, em Munique, na Alemanha. Na ocasião, nosso grupo foi contemplado com o Grant for Fertility Innovation (GFI), que apoia o avanço da ciência e de tecnologias inovadoras no campo da fertilidade.

 

 

 

 

Enquetes

Qual é o melhor destino
para os embriões congelados?

Participe

Pesquisa
para homens

Avalie seu conhecimento
sobre sua própria fertilidade

Participe

Cadastre seu e-mail e
receba as novidades do CRH: