CRH

Tratamento do câncer de mama e preservação da fertilidade

Tratamento do câncer de…

Muito tem se discutido sobre o impacto do tratamento do câncer de mama sobre a saúde reprodutiva das mulheres, especialmente pelo fato de que o uso da quimioterapia, na maioria das vezes, provoca danos irreversíveis na função do ovário, impedindo uma futura gravidez.

Nesse sentido, a equipe do Centro de Reprodução Humana Prof. Franco Junior lançou uma hipótese baseada em evidências da literatura médica. A pesquisa detectou que, em pacientes na pré-menopausa e com câncer de mama (tumores com receptores positivos para hormônios), o uso de agonistas do GnRH isolados ou combinados ao tamoxifeno poderia tratar a doença com taxas de sobrevida semelhantes aquelas pacientes que usaram esquemas complexos de quimioterapia. Essa evidência poderia ser transportada para aquelas pacientes com câncer de mama mas com ainda desejo de obter uma gravidez. Dessa forma, a quimioterapia poderia ser evitada em 65% das vezes e a possibilidade de uma futura gravidez natural um fato real.

O estudo foi publicado no periódico Medical Hypotheses.

Para ver o trabalho completo, acesse o link: Adjuvant therapy with GnRH agonist/taxomifen in breast cancer should be a good council for patients with hormone receptor-positive tumours and wish to preserve fertility

Enquetes

Qual é o melhor destino
para os embriões congelados?

Participe

Pesquisa
para homens

Avalie seu conhecimento
sobre sua própria fertilidade

Participe

Cadastre seu e-mail e
receba as novidades do CRH: